Em nova publicação na coluna “Direito à Saúde”, o magistrado Clênio Jair Schulze comenta sobre as boas práticas no âmbito da justiça da saúde premiadas pela primeira edição do Prêmio Justiça e Saúde, do Conselho Nacional de Justiça.

O prêmio teve como objetivo reconhecer as práticas que contribuíram para a prevenção ou qualificação do processo de judicialização da saúde. 

O texto menciona algumas das práticas premiadas e a própria realização do Prêmio, com destaque aos esforços feitos pelo CNJ para garantir o aprimoramento da prestação de serviços em saúde para a sociedade brasileira. 

Confira o texto na íntegra